Anuncie connosco
Pub
Opinião
João Calha – Consultor Informático
João Calha
Consultor Informático

Consultório Informático

Não se deixe enganar

6 de janeiro de 2020
Partilhar

Nos últimos tempos, os ataques de Phishing através de e-mail e as SMS's fraudulentas não param de aumentar, sendo cada vez mais profissionais e com menos falhas completamente evidentes. Estas SMS's aparecem nos nossos telemóveis sempre associadas a grandes empresas como a Worten, Pingo Doce, Continente, Millennium, Caixa Geral de Depósitos e por vezes recebemos as mensagens com o mesmo remetente dessas empresas.

O esquema é quase sempre o mesmo, uma SMS ou um e-mail com um link para uma página em que nos pedem dados pessoais ou para descarregarmos um ficheiro que vem com vírus para o nosso telemóvel ou computador. Vou deixar-vos aqui algumas dicas para não caírem neste tipo de fraudes:

- Desconfie sempre de links nas mensagens Um email, um SMS ou uma notificação nas redes sociais, cuja origem lhe pareça familiar, pode ter propósitos fraudulentos.

- Desconfie sempre de mensagens que lhe peçam qualquer ação urgente Nunca responda, não clique nos links nem abra anexos dessas mensagens.

- Software de proteção Antivírus, internet security, antispam e firewall sempre ativas são as melhores ferramentas que devemos ter sempre instalados e atualizados no nosso posto de trabalho.

- Endereço do site Quando quiser ir ao site do seu banco opte sempre por escrever manualmente o endereço e nunca através de atalhos e favoritos.

- Segurança do site No momento que está a aceder ao site do seu banco confirme se o endereço contém “https” em que o “s” se refere a segurança.

- Dados pessoais Em momento algum e seja de que forma for, revele os seus dados pessoais, o seu NIB ou mesmo códigos de homebanking.

- Emails Uma das formas mais utilizadas pelos Hackers é o envio de mails nocivos, por isso mesmo nunca abra emails de remetentes desconhecidos e anexos suspeitos.

Apesar de os ataques serem cada vez mais sofisticados existem sempre algumas coisas que devemos duvidar como os erros ortográficos e um aspeto pouco profissional.

Todos nós nos habituamos a utilizar a internet para realizar as nossas operações bancárias, mas hoje em dia o “negócio” da burla informática está em todo o lado, de formas variadas e cada vez mais sofisticado.

Estas são as principais boas práticas que devemos adotar para evitarmos ao máximo sermos vítimas deste perigo.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter