Anuncie connosco
Pub
Opinião
João Alexandre – Músico e Autor
João Alexandre
Músico e Autor

Ninho de Cucos

Foxwarren

6 de janeiro de 2019
Partilhar

Andy Shauf, músico canadiano de reconhecido valor ao qual dedicamos artigo em edição anterior, amplifica o sucesso obtido a solo, no projeto Foxwarren, uma banda de amigos da faculdade da cidade Natal de Shauf, com os quais vem trabalhando há algum tempo.

Musicalmente, o auto-intitulado 1º álbum dos Foxwarren, revela alguma da suavidade e floreados orquestrais perfeitamente identificáveis com o trabalho a solo de Andy Shauf. No entanto a narrativa apresenta-se agora mais refinada, seja quando escreve sobre infidelidade ou sobre uma festa caseira com muitos excessos.

Dallas Bryson na guitarra e os irmãos Darryl e Avery Kissick na secção rítmica, compõem o restante elenco dos Foxwarren num ambiente familiar refletido no conforto e calor que as músicas transmitem.

As 10 faixas do álbum que podem ir da balada à Elliott Smith até às cançoes de Paul McCartney e Crosby, Stills & Nash, fixam-se no reino dos sonhos, com o brilho de sintetizadores distorcidos e vocais misteriosos quase sempre dóceis no inglês carregado de sotaque de Andy Shauf, timbre a fazer lembrar Paul Simon, apontado como umas das vozes mais promissoras da música canadiana dos últimos anos.

Para a publicação Pitchfork, “a ambiguidade está patente na escrita das canções que vai da consciência premeditada à espontaneidade mais extravagante...e são os amigos de Shauf que o ajudam a descobrir e de certa forma a exorcizar os seus segredos mais sombrios”.

Os Foxwarren formaram-se em 2008 e os falsos arranques ficaram a dever-se à carreira a solo de Andy Shauf mas na verdade a banda nunca se dissolveu e após o excelente álbum “The party” de Shauf em 2016, concentrou-se e trabalhou para trazer finalmente à luz do dia a sua primeira edição.

Temas como “To be”, “In another life”, “Lost in dream”, “I'll be alright” e “Everything apart”, colocam “Foxwarren como um dos bons discos de 2018 sem qualquer favor.

A fórmula acústica psicadélica, do ambiente soft e espaçado para outro mais amargo e denso é tentada por muitos mas não é para todos e os Foxwarren têm solução para ela.

Para já sem datas de concertos marcadas, uma vez que Andy Shauf continua a tour a solo, é possivel conhecer um pouco mais dos Foxwarren em: https://foxwarren.bandcamp.com/

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter