Anuncie connosco
Pub
Opinião
Ricardo Andrade – Comissário de Bordo
Ricardo Andrade
Comissário de Bordo

Ricardo Andrade

Sempre Loures!

8 de maio de 2018
Partilhar

Depois da coluna de opinião do mês de abril em que a tristeza da perda do nosso director invadia, nitidamente, as linhas que partilhei, penso que uma das maiores homenagens que é possível fazer não apenas ao Pedro mas a todos quantos perdem, mensalmente, uns minutos a ler-me nestas páginas, é retornar às considerações não tão puramente emotivas mas mais racionalmente objetivas.

Loures é um dos maiores Concelhos da área metropolitana de Lisboa e do país. Loures é um dos Concelhos com maior importância geo-estratégica no panorama político nacional. Loures é uma das terras em Portugal mais demonstrativa da diversidade tão tipicamente portuguesa. Loures é, apesar das últimas três evidências que escrevi, um dos Concelhos mais esquecidos na área metropolitana de Lisboa e um dos Concelhos no qual o poder central menos investiu de forma estrategicamente sustentada.

E quando esquecemos um Concelho com a dimensão de Loures estamos, intrinsecamente, a esquecer mais de duzentos mil habitantes mas também estamos a olvidar a missão de cuidar dos nossos e agindo dessa forma de prover às necessidades do nosso país.

Quando a classe política dirigente do país coloca em segundo plano a segurança,a qualidade de vida, o ambiente, os transportes e a mobilidade, as acessibilidades, a requalificação urbana, o tecido empresarial, a inovação, o turismo, a educação, a área social e diversas outras áreas fundamentais em Loures, temos que denunciar que quem nos governa está igualmente a pôr de parte Portugal.

A gravidade das opções politicas, reiteradamente, não terem em conta Loures é ainda maior se pensarmos que nos têm procurado dizer, nos últimos anos, que a crise que assolou a nação já passou e que podemos,agora, tornar a investir sem medos no nosso futuro.

A gravidade é ainda maior se pensarmos que a maioria dos vereadores na Câmara Municipal de Loures (quatro vereadores comunistas e quatro vereadores socialistas para três vereadores do PSD) são apoiantes da atual solução governativa que conduz os destinos do país e definem, no Parlamento e no Governo, as prioridades em todo o território nacional.

Por isso é essencial que nos deixemos de hipocrisias e que todos comecem, verdadeiramente a ser coerentes com os seus discursos e a assumir se pretendem mesmo e efectivamente lutar pelo nosso país lutando assim por Loures.

Quanto a mim, estarei sempre, na ideologia e na acção ao lado dos lourenses. Quantos aos outros... veremos!!!

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter