Anuncie connosco
Pub
Opinião
Ricardo Andrade – Comissário de Bordo
Ricardo Andrade
Comissário de Bordo

Opinião de Ricardo Andrade

Acima de tudo...qual a resposta?

3 de dezembro de 2018
Partilhar

Mais um ano e mais um orçamento municipal em debate. Mais um ano e mais um momento de decisão acerca da política fiscal do município. Mais um ano e mais uma oportunidade de aferir do posicionamento das várias forças políticas com representação no município de Loures.

Mais duas sessões de debate aceso na Assembleia Municipal de Loures mas, acima de tudo, mais um momento político marcado pela tomada de decisões importantes e pelo assumir da posição onde os partidos tiveram que dizer o que pretendem para a nossa terra e o que estão dispostos a fazer por isso.

Mas bem mais relevante do que fazer análises à prestação individual dos deputados na Assembleia Municipal ou que detalhar cada intervenção, penso ser fundamental procurar saber qual a perceção que os lourenses terão da postura dos responsáveis políticos que elegeram para a Assembleia Municipal de Loures.

O que dirão os lourenses da atitude pouco corajosa de descida de impostos por parte da CDU, condicionada por uma férrea vontade de continuar a encher os olhos dos munícipes com festas e festinhas?

O que dirão os munícipes da atitude ziguezagueante do Partido Socialista que, por um lado se diz oposição mas que por outro não apresenta soluções de fundo quanto ao rumo a tomar, indo contra muito do que assumiu perante os eleitores nas últimas eleições autárquicas de 2017?

O que pensarão milhares e milhares de habitantes do nosso Concelho das opções, realistas e responsáveis, apresentadas pelo PSD em Loures e que, neste momento, são as únicas alternativas às decorrentes do acordo entre CDU e PS?

Estarão os lourenses mais interessados em pensar em partidos de uma forma quase clubista ou em reflectir sobre as melhores opções para o seu futuro independentemente de quem as apresenta ser o partido x ou o partido y?

Estarão os lourenses mais virados para decidir o seu futuro valorizando a coerência na defesa de um rumo racionalmente traçado de uns (PSD) ou o taticismo político e eleitoral de outros (PS e CDU)?

As respostas a todas estas questões não são simples de dar nem de prever mas são, seguramente, o mais importante na medida em que dirão, objetivamente, qual o futuro dos mais de 200 mil habitantes de Loures.

E é aqui, nas respostas a estas questões que reside e residirá sempre o fundamental para toda uma população que precisa de bem mais do que aquilo que tem tido para estar, finalmente, na linha da frente dos municípios portugueses.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter