Anuncie connosco
Pub
Opinião
Gonçalo Oliveira – Actor
Gonçalo Oliveira
Actor

p'la caneta afora

Já todos passámos por isto!(?)

9 de julho de 2019
Partilhar

Todos passámos por gargalhadas e lágrimas; todos passámos por Amores e desAmores; todos passámos pela sede e pelo excesso de água; todos passámos por secas e inundações; todos passámos por enormes chuvadas e consequentes cheias e pelo horror dos incêndios; já todos passámos pela doença e pela saúde; todos passámos pelo frio e calor; todos passámos pela alegria e a tristeza.

Todos passámos pela liberdade e pela prisão com e sem grades e guardas; em Lisboa todos passámos pelos pastéis de nata de Belém; todos passámos pela Avenida da Liberdade e pela Rua da Betesga; passámos pela ditadura e pela democracia; todos fomos jovens e outros foram velhos; todos hoje somos velhos e outrora fomos jovens; já todos passámos pelo Benfica ou pelo Sporting ou pelo Porto; todos passámos e ainda passamos por sem-abrigo e pelos hotéis de 5*****; todos passámos e passamos pela fome nas ruas e na rua de restaurantes gourmet;

Todos passamos pela vida e pela morte dos outros; todos passámos pelo certo e pelo errado; todos passámos pela verdade e pela mentira; todos passámos por casamentos e divórcios nossos ou dos outros; todos passámos pelo bem e pelo mal; todos fomos à Amadora e ao Algarve.

Todos passámos pelo trabalho e as férias!

Todos passámos pelas feridas e pelo mercúrio-cromo!

Todos passámos! Todos passamos de passagem por qualquer lugar! Todos passamos de passagem por todos os lugares; todos passamos de passagem por todo o mundo, por toda a gente!

Todos passamos de passagem pela vida!

Uns corrompem! Outros deixam-se corromper!

E os restantes? Assistem à passagem de modelos de Gente Que Não Sabe Estar. Uns riem-se, vá-se lá saber porquê e por quê. Outros choram porque não sabem nadar na lama e têm pavor de morrerem afogados muito antes da hora da sua morte.

Todos passamos na vida e nunca passámos pela morte!

Todos nos passeamos alegremente pela vida e nunca passeámos alegremente pela morte!

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter