Anuncie connosco
Pub
Opinião
Gonçalo Oliveira – Actor
Gonçalo Oliveira
Actor

P'la caneta afora

Plateia cheia no concelho de Loures

5 de novembro de 2018
Partilhar

De dois em dois anos o concelho de Loures propõe-se encher as plateias de vários espaços na sua área territorial e mostrar a todos os lourenses e a todo o público que assim o desejar, a produção teatral concelhia. Para que tal aconteça a Câmara Municipal de Loures promoveu entre 17 e 28 de Outubro a Plateia. Plateia é uma mostra de teatro bienal distribuída por palcos como o Cineteatro de Loures, Santo Antão do Tojal, Pinheiro de Loures e Santo António dos Cavaleiros.

A Companhia Teatro Extremo, a Turma das Cores e Rebuçados, o TIL – Teatro Independente de Loures, o Teatr’Up e Teatr’Up Kids, o Gato Ruim, o Teatro da Mitra & GATAM, o Teatro a Descoberto, o Grupo Dramático e Recreativo Corações de Vale Figueira, o Grupo de Teatro Bambolinas e Artelier? Plataforma das Artes de Rua e Criação foram os grupos que este ano com os seus espectáculos deram corpo a esta mostra de teatro. Pretende assim a Câmara Municipal de Loures para além de proporcionar espectáculos de qualidade a um vasto público, divulgar o trabalho dos grupos de teatro do concelho, bem como a troca de experiências, visando a interação entre os artistas e o público e a difusão e divulgação das artes de animação e do teatro, tal como é afirmado no press-release da própria Câmara Municipal.

Assim o certame deste ano abriu com “Mythos”, apresentado pela Companhia Teatro Extremo ao que se seguiram “Hotel 100 estrelas” pela Turma das Cores e Rebuçados, “A casa de Bernarda Alba” pelo TIL – Teatro Independente de Loures, todos no Cineteatro de Loures; “A esperteza do criado Zanni” pelo Teatr’Up foi apresentado no Largo 4 de Outubro em Loures e o “Auto da Barca do Inferno” pelo Teatr’Up Kids apresentado no Cineteatro de Loures, tal como “Hansel e… quê?” pelo Gato Ruim; “Rockopera dos gaiatos” pelo Teatro da Mitra & GATAM no Palácio da Mitra em Santo Antão do Tojal e com “Vidas corrompidas” pelo Teatro A Descoberto, o espectáculo regressa ao Cineteatro de Loures, assim como “É com certeza uma aula de burros” pelo Grupo Dramático e Recreativo Corações de Vale Figueira; “Coisa d’homens” pelo Grupo de Teatro Bambolinas apresentou-se na E.B. General Humberto Delgado em Santo António dos Cavaleiros e a fechar “Três vírgula catorze - O piano saltimbanco (3,14)” pelo Artelier? Plataforma das Artes de Rua no Parque Adão Barata em Loures e “O baile” uma criação coletiva de grupos de teatro do concelho na Sociedade Filarmónica União Pinheirense em Pinheiro de Loures.

Assim,a Câmara Municipal de Loures demonstra estar atenta ao trabalho desenvolvido pelos agentes culturais concelhios apoiando-os e dando-lhes a visibilidade mais que necessária.

Daqui a dois anos marcamos encontro para mais enchentes nas Plateias do concelho de Loures.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter