Anuncie connosco
Pub
Opinião
Filipe Esménio – Director
Filipe Esménio
Director

Mel de Cicuta

De volta às lutas

5 de outubro de 2018
Partilhar

Um ano de mandato em Loures, e tudo volta ao modo de campanha eleitoral.

Dois vereadores foram substituídos, António Pombinho e Maria Eugénia Coelho. A CDU justifica como sendo uma "revitalização", sendo que, os dois novos vereadores, são «prata da casa». Tiago Matias Vereador com pelouro do mandato anterior (2013-2017) e Gonçalo Caroço, ex-chefe de gabinete de Bernardino Soares. Os que entram são autarcas, conhecedores de Loures e certamente da confiança política de quem os escolhe. Bernardino Soares e Paulo Piteira, Presidente e Vice Presidente da Câmara, respetivamente. Os dois que sobrevivem à "revitalização". Os pelouros esses terão de ser reajustados a seu tempo.

Sónia Paixão, por seu turno, como líder da oposição, continua ativa no exercício das suas funções. A sua recente nomeação para Vice Presidente do IPDJ tem dois significados, mais palco numa área específica, o desporto, que, naturalmente, tem sempre muita visibilidade e, por outro lado, o reconhecimento das suas qualidades entre os seus pares.

André Ventura ficou em Loures a fazer oposição quando alguns esperavam o contrário. Também ele tem palco como é público e notório. Mantem a sua acutilância já identificada e navega numa onda que enfrenta Rui Rio no seio do PSD Nacional. Será aquele que capitaliza mais amores e ódios.

Convidámos os três líderes, nesta edição, a fazer um balanço deste primeiro ano de mandato. Sónia Paixão e André Ventura aceitaram, Bernardino Soares não, por razões de agenda, como nos foi comunicado. Todo o contexto de Loures reaqueceu neste período num mandato que será sempre mais complexo com uma maioria relativa no executivo da Câmara, com uma Assembleia liderada por Ricardo Leão do PS e com cinco das dez freguesias governadas por autarcas socialistas. Muitas são as dúvidas, neste momento político de Loures, algumas são as certezas. Vamos ter muita movimentação política neste mandato.

A Maria Eugénia Coelho e a António Pombinho na hora da saída, das funções executivas, e independentemente de todas as questões políticas, uma palavra de apreço.

Também para Margarida Seruca Inácio, 1ª Vogal do Executivo da Junta de Freguesia de Moscavide e Portela recentemente falecida, o nosso abraço a toda a família e amigos bem como uma palavra homenageando a memória daqueles que se dedicam à causa pública.

É hoje importante que continuem a existir pessoas que sirvam a causa pública da direita à esquerda. O mediatismo comunicacional é muito e a linguagem é dura e, sabendo que é difícil, seria importante que todos os agentes políticos contribuíssem para uma discussão por ideias e projetos.

E claro, parabéns ao Sacavenense pela brilhante vitória na Taça de Portugal frente ao Varzim.

 

PS: Este artigo é estupidamente escrito com o novo acordo ortográfico.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter