Anuncie connosco
Pub
Opinião
Filipe Esménio – Director
Filipe Esménio
Director

Mel de Cicuta

Cinco x cinco + …

8 de abril de 2019
Partilhar

Edição 60. Cinco anos.

É verdade já lá vão cinco anos a redigir e a DAR informação aos nossos leitores.

E muitas vezes perguntamos se vale a pena…

Mas depois recebemos um email, uma carta, um sms, um abraço e um sorriso e percebemos que sim. Vale a pena, vale mesmo a pena!

Sabemos que estamos contraciclo, sabemos que há quem preferisse que não existisse o Notícias de Loures, sabemos que há quem quisesse que fôssemos diferentes.

Mas não dá! Somos mesmo contraciclo porque sabemos que 98% das pessoas que gostam de ler, preferem em papel (dados recentes de um inquérito desenvolvido pelo jornal expresso) e é para elas que escrevemos, e ainda temos site.

Há quem nos procure asfixiar de diferentes formas, mas não têm sucesso. Por que os leitores nos respeitam, porque as empresas, as IPSS, as entidades que navegam neste mar de Loures sabem que somos o veículo de informação local com maior tiragem em Loures. E INDEPENDENTES, e não vamos ser diferentes!

Viemos para ficar! Estamos a crescer. Em tiragem, em postos de distribuição e já estamos há um ano a colocar dentro das caixas do correio de alguns bairros do concelho.

Sabemos bem de onde viemos. Sabemos bem para onde vamos. Já andamos a fazer jornais há 22 anos neste concelho. Passando por diferentes poderes políticos que nos foram olhando de formas diferentes, mas nunca conseguiram deixar de olhar.

A nossa força não vem de um homem, nem de um subsídio, nem de um capitalista excêntrico, nem de nenhum poder mais ou menos oculto, nacional ou estrangeiro.

Vem das gentes da nossa terra que acreditam que a missão de informar é mesmo nossa. Que o dever de alertar para o que de bom e de mau se faz por cá é da nossa responsabilidade.

A todos os que nos deram a mão, aos nossos anunciantes um obrigado, aos nossos colaboradores, o nosso muito obrigado. Nada se faz por acaso, e o tempo acaba sempre por dar ou tirar razão a quem age.

«Seja como for o que penses, creio que é melhor dizê-lo com boas palavras», afirmou William Shakespeare.

Nós por cá vamos fazendo o que podemos.

 

Um abraço Pedro.

 

PS: Este artigo é estupidamente escrito com o novo acordo ortográfico.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter