Anuncie connosco
Pub
Opinião
Cristina Fialho – Chefe de redação
Cristina Fialho
Chefe de redação

Editorial

HELP!?!

5 de fevereiro de 2019
Partilhar

Fico muito incomodada com o desrespeito aos mais velhos e à autoridade em geral.

Claro que me chateia levar uma multa e apetece-me imenso insultar o agente que a passou. Inclusivé dar-lhe uma lista de coisas mais úteis que ele poderia estar a fazer para o bem da sociedade, que eu, apesar de merecer uma multa de trânsito (normalmente falta de papéis em ordem) não represento um perigo para o bem estar comum.

Mas depois há o outro lado. O saber que estas pessoas não têm ordenados milionários e são as primeiras a ir quando há problemas. A deixar em casa as famílias preocupadas, a aparecer com as caras destapadas sem medo das represálias que possam surgir depois de pôr na ordem quem precisa e, de facto, representa uma ameaça para o bem estar da sociedade.

Tenho imenso respeito pela profissão.

Homens e mulheres que protegem o resto de nós. Noite e dia, com as condições que estiverem.

Tal como os bombeiros, a tomarem o sentido da estrada inverso de quem foge de uma situação de perigo. A transportar doentes, socorrer acidentes, apagar fogos, socorrer naufrágios… e espante-se… 92% dos bombeiros em Portugal são voluntários.

Com isto não acho justo que se atirem pedras às esquadras, aos carros, aos agentes, que se queimem caixotes de lixo (na verdade que se pegue fogo a qualquer objeto de utilidade pública) e mostro aqui a minha insatisfação perante os atos de vandalismo que têm vindo a acontecer nestas últimas semanas.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter