Anuncie connosco
Pub
Notícias | Cultura

Irmãos Ferreira

De Fetais para o País

11 de março de 2017
Partilhar

Os irmãos Ferreira prometem ser o próximo grande conjunto nacional. Os bailarinos de Fetais, Camarate, que ambicionam tornar-se uma referência, não só no mundo da dança mas, também, na música.

Adilani e Ermelindo Ferreira nasceram, respetivamente, em 1994 e 1996 na Ilha de São Vicente, na zona Ribeirinha de Cabo Verde. No entanto, naturalizaram-se portugueses na sua vinda para Portugal.

Ganharam reconhecimento no nosso país em alguns programas de destaque nacional, nomeadamente, “Achas que Sabes Dançar” e “Got Talent”. Neste último, chegaram à final. Venceram ainda o concurso Swag Smash.

Os artistas começaram a dançar graças ao estilo Jerk, que surgiu no ano de 2009. Atingiu com força o mundo da dança dos Estados Unidos da América, tendo-se tornado um dos grandes destaques desse ano no mundo da dança. Foi importante também para os irmãos, tendo sido a sua fonte de inspiração, que os levou a começarem também o seu trilho.

Atualmente, o estilo com que mais se identificam e assumem é o Hip Hop New Style. No entanto, como tantos outros artistas, são influenciados por muitos outros. Estes são o Art (em qualquer formato), a nível de dança Hip Hop e música Trap e R&B. O basquetebol é uma outra referência do conjunto.

A música é obviamente uma parte muito importante da dança e os irmãos Ferreira, que se inspiram com as novidades e os movimentos que vão surgindo, adotam o que vai surgindo para si. Estas influências são incorporadas nos seus movimentos, no entanto, a base do seu trabalho distingue-se sempre. Um observador capaz consegue reconhecer sempre o cunho dos irmãos nas suas atuações.

Os irmãos Adelani e Ermelindo, embora atuem em conjunto, ganham destaque individualmente, graças aos traços distintos que os definem. O seu futuro é ambicioso. De modo a manterem a sua base de fãs atualizada, pretendem fazer regularmente vídeos de dança e participar em battles e videoclips.

Mas estes irmãos não pretendem estagnar numa arte só. O caminho que pretendem seguir passa, não só pela dança, mas também pela música. Fazem tenções de serem, para além de dançarinos, cantores. O conhecimento adquirido por anos de influências musicais prometem sucesso em mais uma área e, quem sabe, talvez a música e a dança criadas pelos irmãos Ferreira se complementem.

Resta aguardar pelas novidades reservadas para o conjunto, que tem vindo a provar, ano após ano, o seu enorme talento.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter