Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Câmara Municipal anunciou que a luta por transportes, que melhor sirvam o Concelho, continuará

Luta pelos transportes

1 de outubro de 2016
Partilhar

A Câmara Municipal de Loures, através do seu Presidente, anunciou em conferência de imprensa que a luta por transportes que melhor sirvam o Concelho, continuará. Metro, Passes Sociais e possibilidade da gestão dos transportes passar para o município de Lisboa são as questões prementes.

O presidente da Câmara Municipal de Loures anunciou em conferência de imprensa, no dia 28 de setembro, que a luta por transportes que melhor sirvam o Concelho irá continuar e ser intensificada. Esta reivindicação tem três pilares distintos que urge alterar. MAIS METRO PARA O CONCELHO Neste momento a linha de Metropolitano de Lisboa apenas tem uma estação no Concelho, Moscavide.

Tendo em conta um projeto, há algum tempo aban- donado, que previa a extensão deste meio de transporte para o interior do Município, a Câmara Municipal de Loures vem novamente levantar a sua voz para que o mesmo prossiga, pois é de extrema necessidade uma outra forma de mobilidade que não seja a rodoviária. Para isso é importante que a linha de Metro chegue à Portela, a Santo António dos Cavaleiros e a Loures, ficando assim ligadas as duas zonas (norte e sul) da edilidade com Lisboa. Apesar de, ultimamente, se ouvir falar da possibilidade do comboio chegar a Loures, o exe- cutivo municipal prefere a linha ferroviária subterrânea, apesar de não abdicar da de superfície.

REVISÃO DAS COROAS Aqui também há questões a levantar e que devem ser resol- vidas. Não faz sentido, segundo o Edil de Loures, que existam duas coroas diferentes na mesma localidade, como acontece na Apelação e em Santo António dos Cavaleiros. A uniformização deveria ser o caminho a seguir, através da coroa mais económica. Também as localidades do Concelho onde chega a CARRIS deveria funcionar através da Coroa L em vez da Coroa 1, casos da Portela e do Prior Velho.

A GESTÃO DOS TRANSPORTES PÚBLICOS COLETIVOS A última revindicação prende-se com a possibilidade da gestão da CARRIS e do Metro passar para a Câmara Municipal de Loures. Perante algumas notícias, que preveem a mudança de gestão do Governo para a autarquia lisboeta, Bernardino Soares entende que é uma má opção.

Se por um lado percebe que Lisboa deve ter uma posição privilegiada, por outro entende que deve de haver uma gestão supramunicipal, onde possam ser salvaguardados todos os interesses das autarquias limítrofes, que diariamente entram em Lisboa e que precisam de uma melhor rede de transportes. Ainda não está definida a forma como o Município irá fazer sentir as suas posições, mas ficou claro que irão ser tomadas diligências.

Pedro Santos Pereira

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter