Anuncie connosco
Pub
Opinião
Pedro Cabeça – Advogado
Pedro Cabeça
Advogado

A opinião de Pedro Cabeça

A procissão e o presidente vão nus

4 de setembro de 2017
Partilhar

Ora aí vem Setembro e a energia das campanhas eleitorais, sendo certo que estas próximas eleições autárquicas em Loures têm atenção redobrada por via de uma candidatura, no mínimo, irónica.
Uma candidatura que não é bem uma candidatura, é assim uma espécie de estágio para concorrer a vereador, pois não nos podemos esquecer que o referido candidato apenas concorreria a presidente em Sintra, tal como ele disse quando se pré-perfilava a uma candidatura. «É a minha terra, a única que verdadeiramente me apaixona. Sou um sintrense de gema. Quem me conhece sabe que amo Sintra com todo o meu coração»,
Parece que não podia ser, então veio estagiar para Loures concorrendo para ajudar a coligação vodka/laranja a tentar obter um resultado minimamente confortável (sim, não nos podemos esquecer que, com tanto escândalo à volta de umas histórias de silly season, a coligação aqui existente é entre o PCP e o PSD – parece que não é coligação é um “ajuntamento”, como se diz por terras saloias).
E certo é que o fenómeno de dizer muita coisa espalhafatosa, veio alterar o panorama do Concelho em matéria de autárquicas. Confesso que não sei se esse efeito vai ter ou não consequências nos resultados, mas sem dúvida que dispersou o que realmente interessa, o que tem deixado extremamente felizes os seus parceiros de coligação PCP. Pois enquanto se atiram os foguetes, ninguém olha para o que realmente importa quando se vai votar, o balanço do mandato (que não sendo inexistente, é pouco mais do que abaixo dos mínimos) e os projectos para o Futuro do Concelho.
Está a festa montada, parece a procissão, à frente o Candidato do PSD da coligação vodka/laranja faz a animação, lança os foguetes e o Chefe da coligação (CDU) vai atrás com os seus apaniguados, a mostrar as mais lindas obras que só pessoas muito inteligentes conseguem ver (é o que diz a comunicação do executivo). E muita gente (os que não estão distraídos com o dos foguetes) admira a obra feita, porque ninguém quer passar por estúpido e dizer o que está á vista, ou seja não existem obras.
Tenho esperança que no dia das eleições quem for votar seja a criança, em toda a sua inocência, que na fábula gritou: - Olha, olha! O Rei vai nu! E escolha um projecto credível e eficaz para o Concelho.
Enquanto isso, a Candidata do PS vai correndo o Concelho, mostrando ideias e projectos para o futuro, talvez esta seja a diferença entre quem é autarca de alma e coração e os que são comentadores de televisão, que vêm aqui ou contrariados, ou descendo da sua tribuna, ou para aqui porque é o que havia.
Loures merece quem se dedique ao Concelho e que seja autarca. Loures Merece Mesmo, Mais.
E Lá vai a procissão de comentadores candidatos, o do foguetório e o que vai nu, a rir de confiança, mas lembro Molière, “Quem dos outros ri, deve recear que, como vingança, também se riam de si”.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter