Anuncie connosco
Pub
Opinião
Patrícia Duarte e Silva – Psicóloga Clínica
Patrícia Duarte e Silva
Psicóloga Clínica

A opinião da psicóloga Patrícia Duarte e Silva

Gestão da Carreira versus Desenvolvimento de Competências

8 de março de 2018
Partilhar

Num mundo cada vez mais competitivo e exigente, as carreiras são cada vez mais imprevisíveis devido às diferentes oportunidades de emprego e tarefas no trabalho.
As organizações devem atribuir mais peso à gestão estratégica dos recursos humanos.

Para o sucesso das organizações devemos apostar no desenvolvimento das competências profissionais dos seus elementos.
Ideias ultrapassadas:
- emprego para a vida
- noção de carreira tradicional, que assentava na experiência prévia do trabalhador e nas oportunidades dadas pela entidade empregadora

Conceitos atuais:
- carreira em mudança, gerida pelo próprio trabalhador, tendo este um papel ativo no decorrer do processo;
- as oportunidades de carreira são vistas à luz da empregabilidade;
- competências profissionais.

A noção de carreira tradicional, que assentava na experiência prévia do trabalhador e nas oportunidades dadas pela entidade empregadora, transformou-se no conceito de carreira em mudança, gerida pelo próprio trabalhador, tendo este um papel ativo no decorrer do processo.

O que são competências profissionais?

Por competências profissionais entende-se a gestão pessoal do emprego e experiências formativas de modo a progredir na carreira, a atualização da carreira e o de atingir objetivos /metas pessoais e valores que têm em vista as condições facilitadoras e os constrangimentos da situação laboral.

Traduzem-se em conceitos como iniciativa, empregabilidade e preparação para a mudança.

Existem alguns fatores individuais que influenciam o sucesso de carreira com o género, a idade, o cargo, a ambição, a capacidade de mudança e adaptação, a dinâmica no ambiente de trabalho e o suporte de carreira.

Refletir acerca da nossa motivação ajuda também a tomar decisões realistas em relação às escolhas relacionadas com a carreira, especialmente quando a motivação está ligada às competências que são necessárias para determinada oportunidade de trabalho (ambos os tipos de comportamento são suscetíveis a serem reforçados, se a pessoa estiver disposta a “explorar” ativamente a melhor maneira de utilizar a sua competência para corresponder a necessidades da organização).

A palavra Carreira vem Do latim medieval carrarĭa- [via-], «estrada para carros».

Cada indivíduo deve compor a sua carreira através da ampliação das suas competências e das experiências acumuladas ao longo da sua vida.

A carreira começa quando o indivíduo define o seu caminho, as suas metas e expectativas.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter