Anuncie connosco
Pub
Notícias | Social

II Gala Notícias de Loures

Prémio Artes Cénicas e Audiovisual | Cultura

3 de abril de 2017
Partilhar

Ibrahim Manafá | Ator

Participante no Apelarte-E6G e ator do Teatro IBISCO, fazendo parte do elenco principal e dos Kodé. Tem demonstrado uma evolução notável, sendo hoje uma das referências do Grupo. Disponibilidade e vontade de aprender são algumas das causas da sua revelação como ator.

Isabel Sousa | Atriz

A atriz, oriunda da Apelação, depois de se ter iniciado no teatro Ibisco que foi o seu grande impulsionador na arte de representar, passou ainda pela Gulbenkian na peça: “O Homem mais azarado do mundo”. Posteriormente fez um casting para a TVI. Presentemente, integra o elenco da novela da mesma estação de televisão, “A Impostora”. Acredita no poder humanizador do teatro e tem uma grande paixão também pela dança. Defende que nunca se deve desistir da escola porque considera que é através dela que se aprende sempre mais.

Carlos Paniágua Féteiro | Produtor e Encenador

A sua vida foi dedicada quase na íntegra ao teatro, fazendo muito, em particular na arte da representação, pelo Concelho, deixando-nos uma obra vasta e valiosa e constituindo uma grande referência de quase 70 anos dedicados a esta arte. Produziu, criou e encenou. Em 1968 funda o então TAB – Teatro Amador dos Bombeiros, atual TIL – Teatro Independente de Loures. Integrou ainda a Comissão Organizadora e a primeira Direção da APTA – Associação Portuguesa de Teatro de Amadores. Foi alvo de distinções e prémios que assinalaram o seu trabalho artístico e o seu contributo para o enriquecimento cultural e social do Concelho. Destacou-se ainda como um cidadão profundamente empenhado na vida cívica.

André de Campos | Bailarino

Licenciado em Dança pela Escola Superior de Dança, começou o seu percurso na Companhia Olga Roriz como estagiário. Presentemente já trabalha há mais de um ano com a coreógrafa. Começou a ver as peças de Olga Roriz antes de começar a dançar, o que “pode ter sido uma das razões para a sua motivação”. Para além de intérprete, também já foi ensaiador. Com um solo da sua autoria: Cellar, participou numa trilogia de três solos, o projeto Aurora, projeto artístico na área da performance. Integra ainda a Wbmotion, organização sem fins lucrativos que tem o compromisso de produção e promoção de expressão artística. Das suas interpretações destacamos: Propriedade Privada e Antes que Matem os Elefantes (2016). Trabalhou anteriormente na Companhia de Dança de Almada e na Companhia de Dança Contemporânea de Évora.

Artelier? Teatro de Rua

A companhia internacional trabalha em torno da produção de criações artísticas híbridas e pluridisciplinares em espaço público e cenário natural, na poetização e ficção dos espaços tempos e lugares. Para a construção das suas propostas Artísticas e Eventos, a “Artelier?” utiliza variadas vezes teatro participativo e meios audiovisuais multimédia. Já se apresentou em vários países, contando em Portugal com mais de mil atuações. Os projetos da companhia incluem máquinas de cena e atores de rua com formação superior específica e variam desde a animação de rua, a produção de Cenografia Urbana, VideoMapping , desfiles urbanos, recriação Histórica e criação de objetos artísticos contemporâneos.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter