Anuncie connosco
Pub
Notícias | Política

Assembleia Municipal de Loures

Vitória de Leão

10 de outubro de 2017
Partilhar

Surpresa, foi o que aconteceu quando foram conhecidos os resultados da Assembleia Municipal de Loures. Apesar de não ter subido em percentagem, em comparação com 2013, Ricardo Leão e o PS resistiram mais que a CDU, que trocou Fernanda Santos por Artur Lopes, como cabeça-de-lista. Uma vez mais o efeito Ventura voltou a fazer-se sentir, provocando uma subida de 3,5% ao candidato social-democrata Ricardo Andrade. Entre 3 e 5% foi o efeito de André Ventura em boa parte das freguesias e da Assembleia Municipal, não querendo com isto menosprezar os candidatos da coligação Primeiro Loures, mas é um facto a generalidade de subidas, principalmente nas zonas urbanas.
Com isto o PSD alcançou mais um deputado municipal, que acabou por perder nos lugares por inerência atribuídos aos presidentes de junta de freguesia, pois manteve Lousa mas perdeu Moscavide e Portela.
Quem só ganhou foi o PS, que manteve os 12 eleitos e acrescentou mais um presidente de junta, perfazendo um total de 17. Apesar dos socialistas terem perdido Fanhões, ganharam a já referida Moscavide e Portela e Camarate, Unhos e Apelação, mantendo Santo António dos Cavaleiros e Frielas, Sacavém e Prior Velho e Santa Iria de Azóia, S. João da Talha e Bobadela.
A CDU perdeu um deputado eleito, fruto da descida de quase quatro pontos percentuais, mantendo o número de juntas de freguesia, ficando com 15 ao todo. As novidades foram a vitória em Fanhões e a derrota em Camarate, Unhos e Apelação. Santo Antão e S. Julião do Tojal, Bucelas e Loures foram mantidas.
Destaque para o PAN, que nesta primeira eleição conseguiu eleger um deputado municipal, Ana Sofia Silva, alcançando os 3%, ultrapassando assim o CDS-PP, que também manteve Lizette Braga do Carmo na Assembleia Municipal, mas que desceu 0,28%. O mesmo aconteceu ao Bloco de Esquerda, que manteve Carlos Gonçalves, mas estes subiram 1%.
Outro destaque foi a perda de mandato do PCTP/MRPP, que não conseguiu eleger João Alexandre, tendo perdido 0,45%.
Houve pequenas alterações na constituição da Assembleia Municipal, sendo que a principal foi o PS ter vencido. Mais um órgão onde o diálogo terá que imperar.

Pedro Santos Pereira

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter