Anuncie connosco
Pub
Notícias | Educação

Entre as 400 candidaturas recebidas

Associação Duarte Tarré atribuiu 25 bolsas de estudo

6 de fevereiro de 2017
Partilhar

A ADT - Associação Duarte Tarré atribuiu 25 bolsas de estudo a estudantes do ensino superior entre as 400 candidaturas recebidas.

A ADT já atribuiu as 25 bolsas de mérito a 16 jovens do sexo feminino e 9 do sexo masculino, entre as cerca de 400 candidaturas que recebeu para o ano letivo 2016/17.

Os novos bolseiros frequentam licenciaturas e mestrados em Gestão, Medicina, Engenharia, Marketing, Direito, Políticas Públicas, Economia, Contabilidade, Finanças e Administração e doutoramento em Direito, em instituições de ensino como o ISCTE-IUL, FMUL, ISCAL, IST, ESCS e Universidade de Lisboa.O momento da atribuição das bolsas para o ano letivo 2016/17 foi assinalado durante um almoço durante o qual os bolseiros receberam 50% do valor atribuído, sendo o restante entregue após a apresentação das notas resultantes do primeiro semestre. 

De acordo com Manuel Tarré «após um processo de seleção criterioso e cuidadoso de todas as candidaturas foi com enorme regozijo que entregámos as bolsas a estes 25 jovens com a certeza que farão a diferença para a continuidade do seu percurso académico. São jovens inspiradores que apesar dos seus enquadramentos socioeconómicos difíceis apresentam um sucesso escolar acima da média.

O encontro assinalou a missão da ADT e o início ou reforço de uma relação contínua que promovemos entre bolseiros e padrinhos como se se tratasse de uma família alargada e gerar novas oportunidades para estes jovens. Acredito que o meu filho estaria bastante satisfeito com o suporte que a ADT tem proporcionado a alguns jovens», acrescentou.

«São muito importantes as ligações que se estabelecem durante a nossa vida» referiu no almoço que decorreu no encontro António Carmona Rodrigues, um dos 18 padrinhos da Associação.

Para Tiago Fernandes da Costa, aluno do 2º ano do curso de Gestão no ISCTE-IUL e pelo 2º ano selecionado para receber a bolsa «a ADT constitui uma rede de suporte académica».

Esta bolsa de mérito já apoiou, desde que foi criada em 2012, cerca de uma centena de alunos com idades até 25 anos, média superior a 14 valores e com dificuldades económicas. Todos os anos, para licenciaturas e mestrados existem 25 bolsas disponíveis no valor máximo de 1.000 euros e para alunos de doutoramento serão atribuídas até quatro bolsas, cujo valor máximo é de 1.250 euros.

Manuel Tarré fundou a ADT em memória do seu filho Duarte, estudante no ISCAL que perdeu a vida subitamente em 2011. Neste sentido, todos os anos Manuel Tarré doa a título pessoal, através da ADT, o valor total para a atribuição das bolsas, que para além de ter em conta o sucesso escolar dos jovens, tem igualmente em consideração a situação socioeconómica das famílias em que se integram.

Sobre a ADT – Associação Duarte Tarré

A ADT – Associação Duarte Tarré é uma associação sem fins lucrativos cuja missão é apoiar jovens estudantes com bom rendimento escolar e altamente motivados, mas que enfrentam dificuldades económicas. A associação concede anualmente 24 bolsas de estudo para ajudar a suportar as despesas financeiras de jovens inscritos em licenciaturas, mestrados e doutoramentos do ensino superior.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter