Anuncie connosco
Pub
Notícias | Desporto e Lazer

Criar melhores condições competitivas

Judo de Casaínhos apela a mais patrocinadores

30 de novembro de 2017
Partilhar

O Centro de Formação de Judo de Casainhos, em Fanhões, pretende no futuro vencer as barreiras geográficas e apela a mais patrocinadores para criar melhores condições competitivas.

O Centro de Formação de Judo de Casainhos (CFJC) tem sido nos últimos anos um dos principais centros de formação desta modalidade, no concelho de Loures. A prática desta arte marcial na Sociedade Recreativa de Casaínhos foi impulsionada no início dos anos 2000, por altura dos Jogos Olímpicos de Sidney, quando o ex-judoca português Nuno Delgado conquistou a primeira medalha olímpica para o judo português. Impressionados pelo feito e pela magia olímpica, conforme conta ao NL Paulo Pires, diretor desportivo do Judo de Casaínhos, a Câmara Municipal de Loures lançou o repto a vários mestres do judo, de forma a alavancar esta modalidade no concelho de Loures.

Desde então, o gosto pela modalidade fez superar desafios, e nem a luta contra as adversidades inibiu a paixão dos judocas e a determinação dos dirigentes do CFJC. Prova disso é que, segundo o Diretor Desportivo do Judo de Casaínhos, “foram sendo investidos tempo e paixão na prática do Judo em Casaínhos onde temos conseguido todas as épocas um excelente grupo de Judocas”, apesar da limitação da “visibilidade da coletividade e da modalidade”, que a freguesia coloca.

Nas fileiras do CFJC estão atualmente quatro treinadores. Nos últimos anos, o Centro tem participado em inúmeros torneios, estando presente nos campeonatos nacionais de Judo de juvenis e Cadetes. Os resultados, para Paulo Pires, estão à vista de todos, com as conquistas de “uma Vice-Campeã Nacional de Cadetes, uma Vice-Campeã Nacional de Juniores e uma Vice-Campeã Nacional de Juvenis mais recentemente em 2016”.

No que toca a projetos futuros, o diretor desportivo acrescenta que vão desde a “Liga Saloia”, que engloba vários outros Judo Clubes da Região Norte de Lisboa e da Região Oeste e que inicia em 2018, passando por parcerias com outros clubes como o Judo Clube de Odivelas, pelo investimento em condições de treino e aumento das deslocações pelo país, pela inscrição de judocas em estágios de judo, pela realização de sessões de demostração de judo em escolas do concelho e por uma forte comunicação na página do Facebook, tudo para ultrapassar a barreira geográfica da freguesia e aumentar a competitividade dos atletas.

No entanto, os recursos para a concretização de algumas iniciativas são escassos. Por isso, Paulo Pires desafia mais patrocinadores a aliarem-se ao Judo de Casaínhos, de modo a criarem “melhores condições, tanto a nível de equipamentos como de transportes para as deslocações”.

 

Denizio Boaventura

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter