Anuncie connosco
Pub
Notícias | Cultura

Homenagem levada a cabo pela Junta de Freguesia de Bucelas

Alves Redol homenageado

3 de dezembro de 2016
Partilhar

A Junta de Freguesia de Bucelas está a levar a cabo uma homenagem ao escritor Alves Redol, no 47º aniversário do seu falecimento. O autor viveu durante certo período da sua vida no Freixial, localidade pertencente à freguesia de Bucelas, onde escreveu alguns dos seus livros, um dos quais “Constantino, guardador de vacas e sonhos”, em 1962, que se tornou numa obra-prima do escritor. Este livro foi baseado num jovem guardador de vacas real, cujo nome também é Constantino, que ainda perdura e vive na freguesia de Bucelas.

Depois de uma primeira recordação de Alves Redol em Bucelas, no dia 26 de novembro, voltará a haver uma outra, no dia 10 de dezembro a partir das 15 horas no Freixial, lugar onde viveu durante algum tempo.

Biografia

António Alves Redol nasceu em Vila Franca de Xira no dia 29 de dezembro de 1911 e faleceu em Lisboa no dia 29 de novembro de 1969. Era filho de um comerciante modesto. Trabalhou como operário em Angola durante alguns anos. Quando regressou a Portugal em 1936, juntou-se ao movimento que se opunha ao Estado Novo, tornando-se militante do Partido Comunista.

Foi um dos iniciadores do movimento neorrealista em Portugal e o primeiro a conseguir ampla aceitação. A sua obra, que alterna momentos de grande intensidade lírica com quadros de descrição precisa e minuciosa, evoluiu de uma análise social fortemente documental para uma fase mais pessoal e afastada dos preceitos da escola, a partir dos finais dos anos 50. Tomou como motivos centrais os dramas humanos vividos na sociedade ribatejana e, com a trilogia Port Wine (1949-53), também na região duriense. Autor de uma vasta obra, para além dos textos das suas conferências e artigos para os jornais, escreveu romances, contos, peças de teatro e estudos de etnografia.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter