Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Empresa sediada em Loures, recebeu o Estoril Praia, nas suas instalações,

GELPEIXE recebe Estoril

7 de janeiro de 2017
Partilhar

No dia 20 de dezembro a Gelpeixe, empresa sediada em Loures, recebeu o Estoril Praia, nas suas instalações, para o habitual Almoço de Natal da equipa. Antes do repasto, a administração, equipa técnica, jogadores e funcionários da equipa da linha tiveram oportunidade de conhecer, de forma mais detalha- da, esta empresa que patrocina este clube da principal liga portuguesa de futebol.


Depois de uma pequena palestra, o grupo dividiu-se em dois e foi visitar a fábrica, uma forma, segundo Manuel Tarré, de criar uma maior ligação entre patrocinador e patrocinado. Após a visita tirou-se a habitual fotografia de grupo, seguindo-se o almoço natalício.


Este encontro serviu também para renovar esta parceria, que se estenderá até à época 2018/19, isto depois de dias antes, o quadro eletrónico da equipa de Cascais ter sido inaugurado, frente ao Benfica, também com a sponsorização a pertencer à empresa lourense. Ainda nas palavras do administrador da Gelpeixe, esta é uma forma de consolidar a marca, tanto internamente, como externamente, pois há um desejo enorme que o Estoril volte a alcançar as competições europeias. Para a Gelpeixe, caso esse marco se atinja, seria mais uma forma de afirmação, pois está presente em três continentes: Europa, África e Ásia.


Para o presidente do Estoril Praia SAD, Frederico Pena, «é de extrema importância para a cultura do Estoril Praia que a relação com os nossos parceiros, em particular com a Gelpeixe, se estenda muito para além do apoio e presença no estádio. Esta relação de proximidade permite dar aos nossos joga- dores, equipa técnica e staff uma visão da realidade empresarial fora dos relvados e aproximar-nos de quem efetivamente nos apoia.» Mas Manuel Tarré não se resume a apoiar apenas o Estoril, estando disponível para apoiar instituições do Concelho, como já aconteceu com o andebol do GS Loures, como acontece com a Casa do Gaiato e, recentemente, os Bombeiros Voluntários de Loures, que necessitavam de um auto-tanque.


Uma vontade que não se resume apenas à parte desportiva ou associativa, sendo alargada à vertente cultural.

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter