Anuncie connosco
Pub
Notícias | Atualidade

Polícia de Segurança Pública

CARNAVAL DE LOURES, UM CARNAVAL SEGURO

10 de março de 2020
Partilhar

O início das celebrações carnavalescas na cidade de Loures remontam ao ano de 1934, data que marca a primeira celebração oficial do Carnaval de Loures.

Apesar de ter sido proibido entre os anos de 1940 e 1970 (segundo se conta, devido a excessos cometidos nas celebrações e pela elevada massa humana que se juntava nesta celebração), regressa para ficar durante o ano de 1970.

A partir do ano de 2000, o Carnaval de Loures começou a ser apoiado pela Câmara Municipal de Loures, o que permitiu a este evento crescer em termos organizacionais, tendo-se verificado uma crescente adesão às festividades desde então.

No presente ano, entre 21 e 26 de fevereiro decorreram as celebridades do Carnaval de Loures, onde se verificou uma adesão massiva – por parte da população residente e visitante, o que elevou a importância deste evento.

Deste modo, a Polícia de Segurança Pública (PSP) encarou esta época festiva como um evento crucial no seu planeamento operacional e que gozou de uma especial atenção por parte de todos os seus polícias.

O trabalho da PSP iniciou-se no dia 21 de Fevereiro com o planeamento e acompanhamento do Carnaval Infantil de Loures que contou com cerca de 6000 crianças a desfilar pelas ruas do Infantado.

Este evento estima-se que tenha atraído sensivelmente 3000 pessoas para as ruas desta localidade de forma a poderem assistir a este desfile. É com grande gáudio e satisfação que podemos afirmar à nossa população que este evento - apesar de uma difícil logística associada - decorreu sem qualquer incidente e proporcionou um momento memorável a todas as nossas crianças, bem como a todos os familiares que acompanharam o desfile.

Terminado o Carnaval Infantil, a PSP começou de imediato a trabalhar para garantir a segurança e tranquilidade pública do Carnaval “dos adultos”, que decorreu entre os dias 22 e 26 de fevereiro. Como é fácil de perceber, este Carnaval acarretou outro tipo de problemáticas securitárias, o que, por conseguinte, necessitou de um planeamento operacional mais cuidadoso e intenso.

Durante estes dias, crê-se que tenham estado a assistir às festividades em Loures cerca de 150 000 foliões, repartidos pelos dias supracitados, o que originou naturalmente um maior encargo e responsabilidade no âmbito securitário. Por outras palavras, estamos a falar de sensivelmente cinco vezes mais pessoas do que o total da população residente na freguesia de Loures.

Perante um planeamento estruturado, responsável e capacitado, a PSP encetou esforços para garantir a segurança da sua população em dois vetores: o Policiamento do Evento e o Policiamento do Não Evento.

Por outras palavras, entenda-se o Policiamento do Evento como o policiamento do Carnaval, orientado para a zona de concentração dos foliões e respetivo desfile e o Policiamento do Não Evento como o policiamento das restantes zonas da Freguesia de Loures, que sofreram claras alterações derivadas ao mesmo - como por exemplo os vastos parques de estacionamento criados - e também com o cuidado e preocupação em continuar a garantir a segurança de todos os cidadãos que não se deslocaram ao evento, assim como as restantes localidades da freguesia.

Apesar dos diferentes desafios securitários, podemos afirmar ao dia de hoje, que em termos de segurança o Carnaval de Loures foi um tremendo sucesso. Digo-o com toda a convicção, mas também com a humildade de reconhecer que estamos sempre num constante processo evolutivo.

Apesar de o número de foliões e o número de figurantes no Carnaval de 2020 ter aumentado, denotámos um decréscimo acentuado na criminalidade registada e relacionada com este Evento, o que expõe o intenso e árduo trabalho da PSP durantes estes dias.

Como Comandante da Esquadra de Loures, quero ainda destacar que estes resultados não se obtiveram exclusivamente pela ação da PSP, mas sim por uma ação dedicada, profissional e concertada de várias entidades. Aqui é obrigatório destacar a Polícia Municipal de Loures pelo seu excelente trabalho, mas também a Associação de Carnaval, a Câmara Municipal de Loures e os Bombeiros Voluntários de Loures. Só com uma intervenção concertada por parte destas Entidades é que é possível fazer ano após ano, do Carnaval de Loures um Carnaval cada vez mais seguro.

O nosso obrigado. Gostaria ainda de deixar uma palavra à população de Loures, uma vez que também a sua conduta deve ser elogiada e muito determinou que estes resultados tivessem sucesso. Em novembro de 2019, foi publicado neste Jornal um artigo do Exmo. Sr. Comandante da Divisão Policial de Loures, Intendente Pedro Franco, que referia “que a segurança começava em cada um de nós”.

Parece-me que a População de Loures ouviu as palavras do nosso Comandante e começou a adotar mecanismos preventivos no que diz respeito à ocorrência de fenómenos criminais. Este pequeno (grande) fator faz completamente a diferença. Para finalizar, ressalvo uma passagem que tive muito gosto em ler no Jornal “Observador”.

Na reportagem sobre o rescaldo do Carnaval de Loures, este Jornal entrevistou alguns populares e uma das entrevistadas referiu-se desta forma ao mesmo: “é um Carnaval muito bonito, muito alegre e não há violência”. Aqui deixo a garantia que a PSP tudo fará para que o Carnaval de Loures assim continue. Termino dizendo que: O Carnaval de Loures pode não ser (ainda) um dos maiores do nosso País, mas é com toda a certeza, um dos mais seguros.

 

Subcomissário Tiago Costa

Comandante da Esquadra de Loures

Última edição

Gala Notícias de Loures

Gala | Notícias de Loures

Opinião

Eleições

Newsletter